Salineiro propõe que atletas usem milhas aéreas de políticos em viagens para competições

21 Mai

Atletas de alto rendimento e treinadores poderão obter passagens compradas com milhas aéreas de políticos e servidores oriundas de viagens custeadas pelo Município. Isso, porque esses pontos não serão mais deles e sim do Município, conforme projeto aprovado nesta terça-feira (20) pelos vereadores de Campo Grande. A proposta de aproveitar as milhas para atletas foi do vereador André Salineiro.

Salineiro fez emenda ao Projeto de Lei 9.001/18, que autoriza que os pontos dos programas de milhagem sejam utilizados, exclusivamente, para viagens de mesma natureza, ou seja, compradas também pelo Município. O projeto foi apresentado em co-autoria com os vereadores João César Mattogrosso, Eduardo Romero e Delegado Wellington. Agora, o texto aguarda sanção do prefeito para virar lei.

“Os atletas merecem e precisam desse apoio, além de outros projetos que temos que lutar para que se tornem leis e evitem que eles e seus treinadores fiquem mendigando ajuda toda vez que vão participar de uma competição, levando o nome de Campo Grande para outros municípios, estados e países. O esporte precisa de muito mais e queremos trabalhar para fazer leis que leve melhorias para essa área”, comentou Salineiro.

LEIS SANCIONADAS

Salineiro apresentou 78 projetos e 37 já viraram lei. Clique aqui para ver todos. Acompanhe o vereador de Campo Grande nas redes sociais Instagram: @andresalineiro, no Facebook: Salineiro Policial Federale Twitter @andresalineiro   Os projetos abrangem desconto e parcelamento de impostos para moradores e empresários, causa animal, incentivo ao esporte e patrocínio de atletas, igualdade de gênero e valorização da mulher, segurança pública, desburocratização do serviço público, direito das pessoas idosas e com deficiência, educação, inclusão social, combate à corrupção, ressocialização e sustentabilidade, entre outros.

Foto: Câmara Municipal/Izaías Medeiros

Caroline Maldonado

#ENQUETE

O que pode melhorar a Segurança Pública?

GABINETE

ITINERANTE