Salineiro classifica aglomeração em ônibus da Capital como “humilhação e afronta a dignidade”

26 Mai

O vereador André Salineiro chamou atenção, na sessão desta terça-feira (dia 26), para a aglomeração em ônibus e terminais de Campo Grande, cobrando providência urgente por parte da Prefeitura. Pediu ainda celeridade no trâmite dos processos judiciais que investigam o Consórcio Guaicurus por indícios de superfaturamento e outras irregularidades.

Salineiro lembrou que empresários estão fazendo de tudo para se adequar as novas regras, enquanto a Guaicurus é negligente, deixando faltar ônibus nas ruas para atender toda a demanda de usuários. Destacou ainda que o usuário paga caro pela passagem. “Muitas vezes é até o empregador que paga boa parte do valor”.

“Quero fazer um questionamento e manifestar minha indignação com algo que está acontecendo, que está sendo uma humilhação e afronta a dignidade de determinadas pessoas. Foi decretado estado de calamidade por causa da pandemia, em campo grande. Empresas tiveram até que fechar, outras estão aos trancos e barrancos para se manter, fazendo de tudo para seguir regras de biossegurança. Fica meu questionamento: por que a Guaicurus faz as pessoas se aglomerarem no terminal e esperar até uma hora por um ônibus para poder ir trabalhar?”, questionou o vereador.

O vereador disse ainda que os parlamentares, incluso ele, estão todos em situação privilegiada em vista do que acontece no transporte público. “Não precisamos pegar ônibus, estamos com todas as precauções aqui no plenário, enquanto, as pessoas que pegam ônibus para trabalhar e movem a nossa economia estão passando por essa situação humilhante!”, afirmou.

Caroline Maldonado

Foto: Izaías Medeiros

#ENQUETE

O que pode melhorar a Segurança Pública?

GABINETE

ITINERANTE