Como a Reforma Tributária poderia mudar sua vida em 2021?

19 Jun

Vagas de emprego, burocracia aos empresários, valor dos serviços básicos e muito mais podem mudar drasticamente com a reforma tributária, no Brasil. É por isso que ela interessa a todos nós e é urgente. Uma comissão mista de senadores e deputados foi criada em fevereiro, deste ano, para discutir isso. A idéia era fazer uma proposta única para ser votada até junho, mas os trabalhos atrasaram em função da pandemia de Covid-19. O Congresso já se adaptou e trabalha por meio de videoconferências e votações remotas. Com isso, o tema da reforma tributária começa a ser discutido novamente. Vamos aqui discutir alguns pontos que você precisa saber sobre esse assunto.

No livro “Colapso Econômico: A Política de Impostos no Brasil”, trago algumas noções básicas sobre o tema. Nosso sistema tributário é regressivo e por isso estrangula o desenvolvimento. Atualmente, quem ganha menos paga mais impostos. A tributação severa sobre o consumo tem consequência séria: povo com menos capacidade de aquisição compra menos, o empresariado sofre com a baixa no mercado e, em seguida, sofre a indústria, o que ocasiona desaceleração da economia, falta de emprego e ainda menos poder aquisitivo para as classes B e C, fazendo girar indefinidamente a roda da ineficiência.

Uma coisa é certa: a reforma tributária é, sem dúvidas, a principal arma para destravar o crescimento econômico do Brasil. O ideal é que a tributação de um país não pese sobre sua economia, não influa em seu desenvolvimento natural. Os impostos em cascata são uma praga para a qual se encontrou antídoto na maioria dos países mundo afora. A tributação em cascata ocorre quando um imposto incide sobre um bem ou serviço que já pagou outro imposto anteriormente. Para abolir o efeito cascata, há a hipótese da implementação de um imposto único, que seria o IVA (Imposto sobre Valor Agregado), utilizado com sucesso pelos países da União Europeia.

Pagamos caro pela proteção estatal na forma de um sistema de saúde que abandona milhares às filas de postos e hospitais, de um sistema educacional que joga o país em posições vergonhosas em pesquisas, de um judiciário pesado e burocrático, além da insegurança que sentimos por nós mesmos e por nossas famílias todos os dias. Isto, além da corrupção, rombo irremediável aos cofres públicos. Está mais do que na hora de mobilizar a sociedade para um debate sobre a política de impostos. Não podemos parar nas discussões. Precisamos de celeridade para chegar uma decisão e mudar os rumos do desenvolvimento econômico do Brasil.

André Salineiro
Agente de Polícia Federal e vereador por Campo Grande, MS. 

#ENQUETE

O que pode melhorar a Segurança Pública?

GABINETE

ITINERANTE